25 de setembro de 2020

CABALÁ: O MILAGROSO E O MUNDANO


Shemá Israel, Adonai Eloheinu, Adonai Echad! (Ouve, ó Israel, o Eterno é NOSSO D-us, o Eterno é Um!

Um dos conceitos fundamentais da Cabalá é o da criação contínua; a dizer, D'us está continuamente recriando o universo e tudo o que contém, caso contrário, toda a existência cessaria instantaneamente de existir. (V. A Unicidade de D'us, edição nº 60). Isto porque, segundo explica o Zohar, o Livro do Esplendor, D'us originalmente criou toda a existência do nada.

24 de setembro de 2020

NA MORTE, COMO NA VIDA, A JUÍZA RUTH BADER GINSBURG CONCILIOU JUDAÍSMO E NACIONALIDADE


Na morte, como na vida, os judeus nos EUA procuraram ver como a juíza Ginsburg conciliava ser americana e judia

Enquanto a notícia da passagem da juíza Ruth Bader Ginsburg se espalhava na véspera do Rosh Hashana, o Ano Novo Judaico, uma pergunta comum ouvida nas discussões entre os judeus nos EUA era: "Quando ela será enterrada?"

AMOR E CASAMENTO SEGUNDO O JUDAÍSMO - PELO RABINO GABRIEL ABOUTBOUL


O casamento é a base da existência humana. É o que nos permite constituir família e encontrar alegria e realização na vida. É algo de profundo valor, pelo qual vale a pena lutar

O casamento é um dos alicerces do judaísmo. O primeiro mandamento da Torá diz que um homem e uma mulher devem casar-se e constituir família – para “crescer e multiplicar-se”. Todos os seres humanos anseiam por amor – querem amar e ser amados – e sonham em encontrar sua “cara-metade” e viver “felizes para sempre”. Contudo, vivemos em uma época na qual muitos casamentos não dão certo, na qual os índices de divórcio são muito altos e muitas pessoas talvez continuem casadas, sem serem felizes.

A GRANDEZA DE SER JUDEU - PELO RABINO JONATHAN SACKS


O Lorde Jonathan Sacks foi Rabino Chefe das Congregações Hebraicas Unidas da Commonwealth e presidente do Beth Din de 1991 a 2013

“Há muito tempo, em um deserto árido, no sopé de uma montanha no Sinai, D’us transmitiu a um povo pequeno, fragmentado e obstinado, com nada que o pudesse distinguir especificamente, um “algoritmo”. Era chamado de Torá, e esse algoritmo fez deles o povo mais notável, tenaz e inconformado com seu destino como jamais se viu...”.
Cúpula 2017 da OLAMI, Londres, 4 de janeiro de 2018

OS JUDEUS DE THESSALONIKI - POR SÉRGIO D. SIMON


Thessaloniki, também conhecida como Tessalônica ou Salônica, foi fundada em 315 E.C. por Cassandro da Macedônia

A importante história dos judeus de Thessaloniki, até o extermínio praticamente total da comunidade judaica durante o Holocausto, é pouco conhecida em nosso meio, e merece ser contada mais uma vez. Quem visita hoje a jovem e vibrante cidade de Thessaloniki, centro cultural da Grécia, não se dá conta da longa história judaica da cidade. Por vários séculos, Thessaloniki foi a cidade europeia com maior concentração de judeus entre a sua população – em vários censos antigos, a cidade contava com mais de 50% dos seus habitantes como sendo judeus, fato jamais igualado no restante da Europa.

ROSH HASHANÁ (ראש השנה) - O SIGNIFICADO DE NOSSOS ATOS


Rosh Hashaná (ראש השנה) – o Ano Novo judaico – é um momento de Julgamento Divino. Durante os dois dias dessa festividade, D’us inicia o processo de julgamento – que perdura até o final da festa de Sucot

“Tu Te recordas do que foi feito no mundo desde a eternidade e Te recordas de todas as criaturas desde os tempos mais remotos. Diante de Ti são desvendados todos os mistérios e os numerosos segredos desde o começo da Criação; pois não há esquecimento ante o trono de Tua glória, nem há segredo diante de Teus olhos. Tudo é revelado e conhecido por Ti, Eterno nosso D’us… Pois Tu decretaste o momento da recordação para que sejam lembrados toda alma e todo espírito, para que sejam recordadas as múltiplas ações e as inúmeras criaturas de maneira infinita... (Oração de Mussaf em Rosh Hashaná)

23 de setembro de 2020

LÍDERES JUDEUS (CIDADÃOS NATOS/NATURALIZADOS) DOS EUA CRITICAM TRUMP POR REPETIDAMENTE LHES DIZER QUE ISRAEL E O PAÍS "DELES"


A indignação vem quando Trump faz tentativas de conquistar o apoio dos eleitores judeus, o que alguns consideram como "interesse" em manter sua própria base eleitoral evangélica

Alguns judeus naturais dos EUA estão criticando veementemente os comentários do Presidente Donald Trump de que Israel é "seu país" como anti-semita. "Nós realmente apreciamos vocês, amamos seu país também e muito obrigado", disse Trump durante uma reunião com líderes judeus americanos em setembro.