22 de fevereiro de 2021

BRASIL E ISRAEL TRATAM DE PARCERIA PARA EXPLORAÇÃO ESPACIAL


Cooperação objetiva o lançamento de satélites juntos e um pouso na Lua. Yossi Shelley explicou que o projeto deve ser implementado no período de até 5 anos

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, recebeu o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, para tratar da parceria científica educacional sobre o programa Beresheet – chegada do homem à Lua.

Para o ministro Marcos Pontes, a cooperação bilateral na área espacial entre Brasil e Israel tem “caminhos abertos” para avançar, destacando a importância, inclusive, do investimento a ser feito que ficará na indústria local, o que significa uma alavancagem tecnológica que pertencerá ao Brasil.

18 de fevereiro de 2021

PURIM: O DESPERTAR DE UM POVO


É obrigatório a todos os judeus ouvir atentamente cada palavra da Meguilá, pois o texto sagrado é muito mais do que um relato de um momento decisivo em nossa história

A Meguilat Esther, um dos 24 livros da Torá Escrita, narra a história de Purim. Ouvir a leitura desta narrativa duas vezes, em hebraico, antes da quebra do Jejum de Esther e, novamente, no dia seguinte, é um dos mandamentos da festividade. É obrigatório a todos os judeus ouvir atentamente cada palavra da Meguilá, pois o texto sagrado é muito mais do que um relato de um momento decisivo em nossa história. De fato, trata-se de uma impressionante lição para cada um de nós, judeus.

15 de fevereiro de 2021

JUDAÍSMO: CURIOSIDADES


. A praga da escuridão no Egito ocorreu no primeiro dia do mês hebraico de Adar, no ano de 1313 AEC. Os egípcios foram punidos por não seguirem a ordem de D'us que os ordenou permitir que os judeus saíssem do país. A escuridão era tamanha que os egípcios nem conseguiam se mover; mas nos lares judaicos no Egito havia bastante luz.

7 de fevereiro de 2021

BRASIL FECHA PARCERIA COM MUSEU DE CIÊNCIAS DE ISRAEL


O Carasso Science Park, inaugurado em 2013, foi projetado para promover os líderes de ciência e tecnologia do amanhã (Foto: Governo de Israel)

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e o Carasso Science Park, um museu de ciências em Israel, firmaram um memorando de entendimento para a cooperação na execução de projetos, programas, pesquisas e intercâmbios em áreas de interesse comum.

4 de fevereiro de 2021

HOLOCAUSTO: A BANALIDADE DO MAL


Após um julgamento de grande publicidade em Israel, Eichmann foi considerado culpado por crimes de guerra e enforcado em 1962

Otto Adolf Eichmann (Solingen [Alemanha], 19 de Março de 1906 – Ramla [Israel], 1 de Junho de 1962) foi um SS-Obersturmbannführer (tenente-coronel) da Alemanha Nazista, e um dos principais organizadores do Holocausto. Eichmann foi designado pelo SS-Obergruppenführer (general/tenente-general) Reinhard Heydrich para gerir a logística das deportações em massa dos judeus para os guetos e campos de extermínio das zonas ocupadas pelos alemães no Leste Europeu durante a Segunda Guerra Mundial. Em 1960, foi capturado na Argentina pela Mossad, o serviço secreto de Israel. Após um julgamento de grande publicidade em Israel, Eichmann foi considerado culpado por crimes de guerra e enforcado em 1962.

2 de fevereiro de 2021

O PRIMEIRO JUDEU CHEFE DA CORTE SUPREMA DO BRASIL DIZ "BARUCH HASHEM" (ברוך השם) EM DISCURSO DE POSSE


O carioca Luiz Fux é neto de refugiados romenos que fugiram para o Brasil durante a Segunda Guerra Mundial

Luiz Fux, o primeiro juiz judeu na mais alta Corte do Brasil, usou uma expressão hebraica que significa "bendito seja Deus" para encerrar sua cerimônia de juramento como o primeiro presidente judeu do tribunal.

“Que humildade, coragem, independência, prudência e disciplina guiem a jornada que agora inicio”, disse Fux nesta quinta-feira, no encerramento de seu discurso em Brasília. “Que Deus me proteja. Baruch Hashem”.

A EXPRESSÃO "BARUCH HASHEM" (ברוך השם - ABENÇOADO SEJA O NOME)


Baruch Hashem (ברוך השם) é a principal expressão judaica de agradecimento e apreciação. Significa “Graças a D'us”, "Abençoado seja o Nome" ou “Louvado seja ao Senhor”

As palavras Baruch Hashem (ברוך השם) aparecem na parashá dessa semana. Mas não são pronunciadas por um judeu. O homem que as diz é Yitro, um sacerdote midianita e sogro de Moshê. Yitro retorna a Moshê após o Êxodo, trazendo com ele a esposa e filhos de Moshê, e após ouvir a história do que acontecera no Egito, ele diz: “Louvado seja o Eterno [Baruch Hashem], que te resgatou das mãos dos egípcios e do faraó, e que livrou o povo das mãos dos egípcios” (Shemot 18:10).