19 de janeiro de 2020

CULINÁRIA JUDAICA POR SEMIRA ADLER VAINSENCHER (PESQUISADORA DA FUNDAÇÃO JOAQUIM NABUCO)


Bolo de frutas

A culinária judaica é uma das mais saborosas e variadas que existem. Originalmente, essa cozinha enfatizava os sete elementos bíblicos citados no Deuteronômio: a cevada, o trigo, a azeitona, o figo, a romã, a tâmara e as ervas. E, alguns milênios atrás, as comidas eram rústicas, elaboradas pelas mãos de camponesas judias, que foram transmitindo as receitas para suas filhas, como uma das formas de manter a identidade.

17 de janeiro de 2020

QUEM FOI JOSEPH GOEBBELS, O MINISTRO NAZISTA QUE O EX-SECRETÁRIO DE CULTURA ROBERTO ALVIM PLAGIOU


Associado e devoto apoiante de Adolf Hitler, Joseph Goebbels ficou conhecido pelas suas capacidade oratórias em público e pelo seu profundo e fanático anti-semitismo

Paul Joseph Goebbels (alemão: [ˈɡœbəls]. (Rheydt, 29 de Outubro de 1897 – Berlim, 1 de Maio de 1945) foi um político alemão e Ministro da Propaganda na Alemanha Nazista entre 1933 e 1945. Um associado e devoto apoiante de Adolf Hitler, ficou conhecido pelas suas capacidades oratórias em público e pelo seu profundo e fanático anti-semitismo, e sua crença na conspiração internacional judaica que o levou a apoiar o extermínio dos judeus no Holocausto.

SECRETÁRIO DA CULTURA: ROBERTO ALVIM É DEMITIDO APÓS COPIAR DISCURSO DE MINISTRO DA PROPAGANDA DE HITLER


Secretário de Cultura Roberto Alvim (esq.) divulgou um vídeo em que utilizava trechos do discurso de Joseph Goebbels (dir.), ministro da Propaganda da Alemanha nazista 

A Secretaria Especial da Cultura informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que o secretário Roberto Alvim foi demitido do cargo. A exoneração acontece após Alvim parafrasear um discurso de Joseph Goebbels, ministro da Propaganda da Alemanha nazista.

16 de janeiro de 2020

JUDEUS DA ALEMANHA: TRIUNFOS E TRAGÉDIAS


Sinagoga Roonstraße (Ortodoxa) na cidade de Köln, Alemanha 

Traçar a história dos judeus alemães desde a Idade Moderna até o início do século 20 é traçar seu anseio por pertencer a uma cultura que os fascinava e serem aceitos por um povo que, como tantos outros, os desprezava. A dualidade de ser alemão e ser judeu foi uma questão que atormentou os judeus alemães. Em nenhum outro país da Europa essa ansiedade por pertencer e essa dualidade de sentimentos foi sentida tão profundamente como lá.

11 de janeiro de 2020

FRANCESKA MANN, SÍMBOLO DE RESISTÊNCIA E BRAVURA


Mas quem foi Franceska Mann? Seu nome quase não aparece nos livros de história sobre a Shoá, permanecendo praticamente desconhecida

23 de outubro de 1943. No vestiário do Crematorium II de Auschwitz-Birkenau, quando poucos passos a separavam das câmaras de gás, Franceska Mann, uma bailarina judia polonesa, consegue arrebatar a arma de um oficial nazista e dispara, acertando-o em cheio. Esse relato de testemunhas oculares consta dos anais do Tribunal Militar Internacional, de Nuremberg.

8 de janeiro de 2020

ALERTA: PM DO RIO REFORÇA SEGURANÇA EM PRÉDIOS DA COMUNIDADE JUDAICA


O Templo Sidon é um dos prédios que terão reforço de policiamento Foto: Simone Marinho / Agência O Globo

A Polícia Militar do Rio reforçou a segurança em prédios da comunidade judaica espalhados por 13 bairros da cidade. Um documento interno da corporação obtido pelo EXTRA revela que o aumento do policiamento foi uma consequência do ataque aéreo americano no Iraque, que terminou com a morte do general iraniano Qassem Soleimani na madrugada do último dia 2: o texto cita a “intenção de vingança do Irã e o receio da comunidade judaica residente no Rio de Janeiro, devido a concentração de público nas sinagogas”.

29 de dezembro de 2019

CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO: O MAESTRO EM BUSCA DA ÚLTIMA MÚSICA


O maestro italiano Francesco Lotoro ao estudar o trabalho de compositores judeus mortos no holocausto, converteu-se ao Judaísmo

Para marcar os 75 anos da libertação dos campos de concentração, o KKL Brasil trouxe a São Paulo, em novembro último, o maestro e pianista italiano Francesco Lotoro. Criador de um projeto de resgate de músicas criadas nos campos nazistas, Lotoro regeu, no Auditório Simón Bolívar, do Memorial da América Latina, o concerto “O Maestro - Em Busca da Última Música”, executado pela Orquestra Jazz Sinfônica.