21 de outubro de 2018

IMPASSE: JUSTIÇA BRITÂNICA "DECIDE" QUEM É JUDEU


A Jews’ Free School é uma escola pública britânica, mas a lei lhe confere o direito de dar preferência a alunos judeus

A Justiça britânica considerou, em decisão tomada em dezembro de 2009, que ser judeu não é somente (ou não necessariamente) ser filho de mãe judia. A interpretação foi dada no caso de um menino que teve negada sua matrícula numa escola judaica de Londres, a Jews’ Free School. Segundo a direção da escola, que respeita a visão ortodoxa do judaísmo, é exclusivamente a matrilinearidade ortodoxa que define a condição judaica – e a mãe do menino não é judia de nascimento, mas convertida na ala reformista do Judaísmo.

CEMITÉRIO VILA ROSALI (NOVO) EM SÃO JOÃO DE MERITI - RJ


Este cemitério fica na mesma rua do Cemitério de Vila Rosali Velho, praticamente um de frente para o outro

O Cemitério de Vila Rosali Novo é um dos dois cemitérios administrados pela Chevra Kadisha do Rio de Janeiro no bairro. Adquirido pela Chevra Kadisha em 1945, só começou a ser usado efetivamente em 1967 e hoje ainda se realizam novos sepultamentos neste local.

20 de outubro de 2018

7 CURIOSIDADES QUE VOCÊ NUNCA IMAGINOU SOBRE OS JUDEUS


Pessoas convertidas ao judaísmo foram incluídas no povo judeu e judeus convertidos à outras religiões foram excluídos do povo judeu durante séculos

Um judeu é um membro do grupo étnico e religioso originando nas Tribos de Israel ou hebreus do Antigo Oriente. O grupo étnico e a religião judaica, a fé tradicional na nação judia, são fortemente inter-relacionados, e pessoas convertidas ao judaísmo foram incluídas no povo judeu e judeus convertidos à outras religiões foram excluídos do povo judeu durante séculos.
Bom, poucas pessoas sabem sobre os judeus, sobre os seus costumes, sobre as tradições, e  resolvemos fazer essa matéria com alguns fatos sobre os judeus. Então, caros leitores, confiram agora a nossa matéria com as 7 curiosidades que você nunca imaginou sobre os judeus:

OS JUDEUS DO BAIRRO DE MADUREIRA (RJ)


O renomado cineasta judeu Sílvio Tendler nasceu e cresceu no bairro de Madureira (RJ)

Considerado o coração do subúrbio carioca, o bairro reúne tudo o que há de melhor na cultura da cidade do Rio de Janeiro. Poucos sabem, mas o governador da Bahia, Jaques Wagner, é judeu de Madureira, assim como o cineasta Sílvio Tendler. Ambos se conheceram na sinagoga que existia no bairro. Sílvio Santos, também judeu e carioca, não é de Madureira, mas reza a lenda que começou a vida como camelô por lá. O cantor e compositor Marquinhos de Oswaldo Cruz carrega o bairro vizinho no nome, mas nasceu em Madureira. Ele conta que a maior característica da região é o respeito às diferenças.

18 de outubro de 2018

"ISOLADAS", FAMÍLIAS JUDIAS BUSCAM RECONHECIMENTO NA PARAÍBA


Hugo Borges (esq.) conduz estudo do Judaísmo na sala de sua casa em João Pessoa (PB)

Elas seguem a torá, o livro sagrado dos judeus, mas 35 famílias da Paraíba ainda buscam reconhecimento de autoridades religiosas em Israel. Até agora sem sucesso. O problema, segundo a Congregação Israelita Paulista (CIP), é que, para que um não judeu ou descendente distante faça parte da religião, é necessária uma comunidade preexistente para inseri-lo; o que não existe em cidades como João Pessoa e Campina Grande (a 132 km da capital).

16 de outubro de 2018

ENTREVISTA: NILTON BONDER - CJB - CONGREGAÇÃO JUDAICA DO BRASIL (RJ)


Alma & política: “Nossas identidades são inclinações”, diz Nilton Bonder, que reflete sobre a dimensão política no plano individual

O escritor e rabino Nilton Bonder faz palestra seguida de sessão de autógrafos dia 3 de setembro na Livraria da Vila do Shopping Pátio Batel, em Curitiba, para o lançamento de Alma & política (Rocco), seu livro mais recente. A visita de Bonder à capital paranaense acontece com o apoio da B’nai B’rith, organização judaica dedicada à disseminação da cultura, e do UniBrasil Centro Universitário.

14 de outubro de 2018

MEZUZÁ (מזוזה): NOSSA MAIOR PROTEÇÃO


A mezuzá (מזוזה) é colocada no lado direito do umbral da porta designando um lar judaico

O que é uma mezuzá (מזוזה) e qual seu significado no lar judaico? Um guia completo que explora o sentido da mezuzá, suas leis e como afixá-la em sua própria casa.'Uma mezuzá é um rolo de pergaminho, no qual o Shema é manuscrito por um sofêr, escriba experiente.
Uma mezuzá (מזוזה) é colocada no lado direito do umbral da porta designando um lar judaico. Ela lembra, ao entrar e ao sair que D'us nos protege a todo instante e Ele é o Guardião Eterno de Israel. A colocação de uma mezuzá nas portas de uma casa ou escritório protege seus moradores e proprietários - estejam eles dentro ou fora do local.

13 de outubro de 2018

PERGUNTAS & DÚVIDAS: POR QUE DIZEMOS QUE O ETERNO NOS "ORDENOU" LUZ DE SHABAT (יום שבת)?


Na realidade, resposta a essa questão é bem interessante, porque ela ilustra as duas maneiras como o Eterno age nas Escrituras

Por que dizemos que, na bênção, que o Eterno nos "ordenou" acender luz de Shabat (יום שבת), se na Torah isso jamais é dito? Isso não é colocar palavras na boca do Eterno? Não constitui acréscimo à Torah? Essa é uma excelente pergunta, e que realmente angustia aqueles que estão chegando ao Judaísmo de coração sincero, e que não cresceram habituados com tais coisas.

9 de outubro de 2018

A ORIGEM HEBRAICA DO NOME "RAFAEL" (רפאל)




“Raphael” (רפאל) vem da união do prefixo “Repha”, que quer dizer “curou” e “El”, que significa “Deus” = (רפ + אל)

Os nomes de origem hebraica também estão entre os favoritos dos brasileiros. Apesar de bonito, carinhoso e sonoridade suave, o nome não é tão comum em outros países de origem inglesa, como os germânicos William e Guilherme. Em contrapartida, na Europa, o nome santo foi bem introduzido.
Rafael é um nome adotado por muitas pessoas religiosas, que assemelham o nome ao de um dos 7 arcanjos mais famosos da Bíblia. E não é à toa! O nome na versão que conhecemos hoje, escrito com a letra “F”, tem origem no hebraico “Raphael”.
“Raphael” (רפאל) vem da união do prefixo “Repha”, que quer dizer “curou” e “El”, que significa “Deus”. Portanto, o nome Rafael (רפ + אלsignifica “Deus curou” ou “curado por Deus”.

A ORIGEM HEBRAICA DO NOME "DÉBORA" (דבורה)


O nome Débora é composto pelo elemento “d-b-r”, que nas línguas semíticas é uma forma de representação de sons como zumbidos e zunidos, o que faz referência ao seu significado de “abelha”

“Débora” é um nome que tem a sua origem no termo hebraico “Debhoráh” (דבורה), que quando é traduzido para o português, quer dizer, literalmente “abelha”. De forma semelhante, o nome Débora é composto pelo elemento “d-b-r”, que nas línguas semíticas é uma forma de representação de sons como zumbidos e zunidos, o que faz referência ao seu significado de “abelha”.
Apesar do significado bastante simples para o nome, “abelha” não é só o que resta ao nome Débora. Na verdade, as abelhas são animais carregados de simbolismo e, dessa forma, o nome Débora é enriquecido por todas as características que as abelhas representam, o que faz deste um nome cheio de significados.

6 de outubro de 2018

CURIOSIDADE: O SIGNIFICADO DO NOME "MIGUEL" (מיחאל). NA REALIDADE, TRATA-SE DE UMA PERGUNTA (?!)


Este nome (מיחאל) é citado 5 vezes na Bíblia como um arcanjo e é tido como um símbolo de humildade diante de Deus

Significado: 

Miguel é um nome masculino e tem origem no hebraico Mikhael, formado a partir da junção dos elementos mikhayáh (Quem?), sendo Mi (Quem), Ha (Pronome definido ou indicador de posse) e El (Deus): Mi+Ha+El (מי + ח + אל) = “Quem é como Deus?” Este nome é citado 5 vezes na Bíblia como um arcanjo e é tido como um símbolo de humildade diante de Deus. A base do significado do nome é uma pergunta retórica, cuja resposta subentendida é: “Ninguém é como Deus”.


QUAL É A DIFERENÇA DO HEBRAICO BÍBLICO PARA O MODERNO? QUAL DELES VALE À PENA APRENDER?


É muito importante, porém, ressaltar que o Hebraico Moderno é de fato uma verdadeira ressureição do Hebraico Bíblico que era falado há 2 mil anos

Há muitos detalhes que diferenciam dramaticamente o Hebraico da Bíblia do Hebraico que hoje falamos no moderno Estado de Israel. Se desejar saber mais detalhes sobre os tipos de Hebraico que existem, é indicado uma leitura mais detalhada neste artigo:

5 de outubro de 2018

BATE-PAPO: CONVERSÕES AO JUDAÍSMO NO BRASIL - É POSSÍVEL TORNAR-SE JUDEU?


A concepção judaica diz que judeu é aquele que nasce de mãe judia ou quem se converte de acordo com a Halachá, a Lei Judaica

As conversões ao judaísmo feitas por entidades liberais ou reformistas não são reconhecidas pelos ortodoxos. Sendo assim, um não-judeu que deseja de mente e coração viver dentro da Torá e seus preceitos pode se tornar judeu?  
Reformista, Reconstrucionista e, sob certas circunstâncias, os rabinos conservadores reconhecem a validade das conversões realizadas por rabinos de todos os ramos do Judaísmo. A maioria dos rabinos ortodoxos, no entanto, não reconhece conversões não ortodoxas. Seu rabino patrocinador/tutor discutirá com você quaisquer implicações de conversão sob a orientação dele. A sinceridade deve ser fator fundamental, sempre.

4 de outubro de 2018

JUDEUS NO SUBÚRBIO DA LEOPOLDINA (RJ): MONTAGEM DA SUCÁ (CABANA) PARA O FERIADO DO SUCOT (CABANAS) 2018 NA SINAGOGA AVAHAT SHALOM!


Sinagoga Ahavat Shalom (Amor pela paz, em hebraico) é destaque em Prêmio Internacional recebido pelo Hillel Rio de Janeiro

No dia 23 de setembro de 2018, ocorreu a montagem da Sucá na sinagoga dando início aos preparativos do Chag (feriado). Nas fotos, há alguns integrantes da comunidade judaica no subúrbio da Leopoldina (RJ) ajudando na montagem.

29 de setembro de 2018

O QUE É O JUDAÍSMO MESSIÂNICO?


Beit Ohel David - Sinagoga Messiânica no estado do Paraná, Brasil

Judaísmo Messiânico é o nome pelo qual é conhecido a vertente que crê em Yeshua (Jesus) e guarda os princípios da fé judaica, não compartilhando assim como fazem os cristãos, da crença no dogma católico/protestante trinitariano.

26 de setembro de 2018

POR QUE COMER ALIMENTOS CASHER (כשר)?


A Cashrut representa o encontro do corpo e da alma. A Torá nos diz para não rejeitarmos o físico e sim santificá-lo

Nosso raciocínio mudou até o ponto em que não mais sabemos por que o Judaísmo coloca tanta ênfase em comer e beber, necessidades básicas compartilhadas não apenas pelo restante da humanidade como também pelos animais. Sem uma explicação satisfatória para a cashrut e sem a fé simples baseada nos valores da Torá que caracterizaram as gerações anteriores, muitos judeus concluem que manter-se casher (כשר) está simplesmente obsoleto - está baseado em antigas precauções sanitárias que não mais se aplicam à vida moderna.

O FERIADO DE SUCOT (סֻכּוֹת) (CABANAS)



O Etrog tem sabor e aroma, o Lulav tem sabor mas não tem aroma, a murta tem aroma mas não tem sabor e o salgueiro não possui nem um nem outro

Os 7 dias de Sucot (סֻכּוֹת), celebrados com a construção de uma sucá, adquirindo as Quatro Espécies e alegrando-se com a festa, são seguidos por Simchat Torá (A Alegria da Torá). As plantas usadas como cobertura para o teto da sucá nos lembra da proteção divina quando nossos antepassados viajavam no deserto. As Quatro Espécies são uma expressão de nossa unidade e nossa fé na onipresença de D'us. Após os dias solenes das Grandes Festas vivemos estes dias ampliando em alegria.

25 de setembro de 2018

POR QUE OS JUDEUS NÃO COMEM CAMARÃO, CARANGUEJO, POLVO OU LAGOSTA?


Kashrut: Não são consumidos peixes de pele ou quaisquer crustáceos

"Podereis comer de tudo o que vive nas águas, seja nos mares ou nos rios, desde que tenha nadadeiras e escamas" (Vayicra' XI:9)

Peixe é um alimento parve, neutro. Somente peixes que têm tanto nadadeiras como escamas são Casher. O Talmud cita que todos os peixes que apresentam escamas possuem também nadadeiras, entretanto, a presença de nadadeiras não indica que possuem escamas. Não são consumidos peixes de pele ou quaisquer crustáceos. 

23 de setembro de 2018

SOMENTE A MULHER PASSA O JUDAÍSMO (יהדות) PARA OS FILHOS


A lei judaica (Halacha) considera judeu todo aquele que nasce de mãe judia (nata ou convertida antes do parto) ou se converte de acordo com essa mesma lei, segundo o judaísmo rabínico

Judaísmo (em hebraico: יהדות, Yehadút) é uma das três principais religiões abraâmicas, definida como "religião, filosofia e modo de vida" do povo judeu. Originário da Torá Escrita e da Bíblia Hebraica (também conhecida como Tanakh) e explorado em textos posteriores, como o Talmud, é considerado pelos judeus religiosos como a expressão do relacionamento e da aliança desenvolvida entre Deus com os Filhos de Israel. 

NA HORA DA PRECE, NÃO SE APRESSE


O Rei David demorou quase 70 anos para compor o Tehilim, e você consegue lê-lo inteirinho em apenas uma hora!

Existem opiniões divergentes sobre a prece. Algumas pessoas rezam muito devagar, concentrando-se em cada palavra, ao passo que outras rezam rapidamente.

10 FATOS QUE TODO JUDEU DEVERIA SABER SOBRE O SHEMÁ (שְׁמַע = OUÇA/ESCUTE EM HEBRAICO)


Cobrimos os olhos para o primeiro versículo

A Prece Shemá (שְׁמַע = ouça/escute em hebraico) não é simplesmente a declaração judaica da fé de que D'us existe. É uma afirmação de que D'us é a única verdadeira existência. O único D'us é a essência de tudo. Somos ordenados a aceitar o reinado do Céu duas vezes ao dia recitando o Shemá. (Por Mordejai Rubin)

PONTO DE VISTA: EM QUE ACREDITAMOS?!


O judaísmo é marcado pela pluralidade, permitindo que se estabeleça um diálogo genuíno

Promover um judaísmo conectado ao seu rico passado e ao mesmo tempo integrado aos dias atuais. Este é o objetivo do Judaísmo Progressista, a maior corrente do judaísmo mundial, com mais de um milhão de afiliados. Fundada em 1942, a ARI – Associação Religiosa Israelita é a casa do Judaísmo Progressista no Rio de Janeiro, filiada à World Union for Progressive Judaism – WUPJ

OPINIÃO: INTOLERÂNCIA RELIGIOSA


O Estado de Israel existe por que depois de séculos de tratamento como cidadãos de segunda categoria na Europa e no Islã, os judeus reivindicaram a igualdade

A intolerância fez mais vítimas na Europa. Foram assassinados uma pessoa que participava de um seminário sobre a liberdade de expressão e os limites da imprensa e o segurança da comunidade de Copenhagen, que guardava a entrada de uma sinagoga onde se celebrava um Bat Mitsvá. Cinco policiais ficaram feridos em consequência dos ataques, cujo perpetrador foi morto posteriormente pela polícia. Repete-se a tragédia de Paris de semanas atrás, inclusive na reação dos políticos. 

JOGANDO OS PECADOS NA ÁGUA: O QUE É TASHLICH (תשליך)?



A prece de Tashlich, recitada às margens de um rio, lago ou mar, onde quer que haja peixes, tem um outro significado, despertando-nos pensamentos de arrependimento

Tashlich (תשליך): Em sua explicação sobre nossos costumes e tradições, o Rabi Yaacov Levi, conhecido como Maharil, codificador de leis, retrata a origem do costume de Tashlich até épocas muito remotas. É realizado pouco antes do pôr-do-sol na tarde do primeiro dia de Rosh Hashaná, indo às margens de um rio, lago, ou algo semelhante, onde certas preces são recitadas, seguidas pelo simbólico agitar dos cantos de nossas roupas.

O QUE É YOM KIPUR (יום כיפור)?


Os judeus tradicionalmente observam esse feriado com um período de jejum de 24 horas e oração intensa

O Yom Kipur ou Ioum Quipúr (יום כיפור) é o Dia do Perdão, sendo uma das datas mais importantes do judaísmo. No calendário judaico começa no crepúsculo que inicia o décimo dia do mês hebreu de Tishrei (que coincide com Setembro, Outubro ou Novembro), continuando até ao seguinte pôr do sol. Os judeus tradicionalmente observam esse feriado com um período de jejum de 24 horas e oração intensa.

O QUE É YAMIN NORAIM (ימים נוראים)?


Os 10 dias de penitência (Aseret Yemei Teshuva), e que termina com a data do Yom Kipur

Grandes festas é o nome dado no judaísmo ao período que se inicia no mês de Elul e que engloba Rosh Hashaná ("Ano novo judaico"), os dez dias de penitência (Aseret Yemei Teshuva), e que termina com a data do Yom Kipur. O termo Grandes festas não é uma tradução correta : este período é chamado atualmente de Yamim Noraim (Dias de Reverência ou Dias de Penitência do hebraico ימים נוראים).

5 de setembro de 2018

ATRIZ BEATRIZ SEGALL MORRE AOS 92 ANOS


A carioca Beatriz viveu a icônica vilã Odete Roitman na novela 'Vale Tudo', da Rede Globo

A atriz Beatriz Segall morreu nesta quarta-feira (5), aos 92 anos, no hospital Albert Einstein, em São Paulo. A causa da morte não foi divulgada. O corpo da atriz será velado no próprio hospital a partir das 19h e o corpo será cremado nesta quinta-feira, em Cotia, na Grande São Paulo. Beatriz ficou conhecida por interpretar a icônica vilã Odete Roitman na novela Vale Tudo, de 1988, na Rede Globo. 

4 de setembro de 2018

OPINIÃO: 'O MUSEU MAIS AMADO MORREU, FOI ASSASSINADO', DIZ HISTORIADORA


Um país que não conhece a própria história, está fadado a repetir os erros do passado. Entre o acervo perdido, estava também um pergaminho da Torá 

'Está na hora de repensarmos o que queremos para nosso país, ou não haverá futuro a ser contado. Nem mesmo em museus', afirma Adriana Facina
Rio - Domingo sempre tinha fila na porta do Museu Nacional. Famílias vindas de todos os cantos do Rio de Janeiro, e até de outros estados, empolgadas para visitar meteoros, múmias, dinossauros, indígenas. Fotografias, crianças correndo, gritaria, risadas. O Museu era corpo vivo e pulsante, um jovem senhor com 200 anos de existência. Muitos cariocas, sobretudo das periferias da cidade, tinham o Museu da Quinta da Boavista como seu quintal, por vezes, a única experiência de visita a um museu em suas vidas.

30 de agosto de 2018

COMO O DIABO (שטן = SATÁN) FICOU VERMELHO E GANHOU CHIFRES?


Diabo, Satanás (שטן), Lúcifer e, às vezes, Leviatã ou Mefistófeles: varios nomes, várias faces, vários papéis

Se alguém te pedisse para imaginar o diabo, provavelmente viria à mente um demônio com um tridente nas mãos. No entanto, por centenas de anos, o diabo cristão não foi retratado pela arte religiosa e, quando finalmente surgiu, era azul e não tinha chifres ou cascos. A imagem mais familiar para nós surgiu pelas mãos de gerações de artistas e escritores que pegaram o pouco que é dito pela Bíblia Cristã sobre Satanás (שטן) e o reinventaram ao longo do tempo. As Novas Escrituras dizem que Satanás era o maior "adversário" de Deus.

29 de agosto de 2018

BICUR CHOLIM (ביקור חולים): VISITAR E REZAR PELOS DOENTES


Em cidades ao redor do mundo, existem muitas entidades judaicas especialmente dedicadas à essa mitsvá


Bikur Cholim (ביקור חולים), visitar os doentes, é uma grande mitsvá. A Torá relata como D’us, Ele próprio, visitou nosso antepassado Avraham quando ele estava se recuperando, enviando três anjos. Ao visitar os doentes, a pessoa oferece orações para uma rápida recuperação, assistência material, se possível, e, claro, encorajamento moral.

JUDAÍSMO: QUAL É O CONCEITO DE GUEMILUT CHASSADIM (גמילות חסדים)?


O fator determinante de chessed (Compaixão), portanto, de Gemilut Chassadim (גמילות חסדים), é o envolvimento pessoal

Além dos deveres específicos já mencionados, há outras obrigações que estão incluídas na mitsvá de Gemilut Chassadim (גמילות חסדים), ou seja, Amor-Bondade sem esperar nada em retorno. O fator determinante de chessed (Compaixão), portanto, de Gemilut Chassadim, é o envolvimento pessoal. A mitsvá de Gemilut Chassadim não é cumprida simplesmente aliviando alguma necessidade de assistência material. O verdadeiro significado dessa mitsvá é melhor expresso pelos Rabinos, quando dizem: "Não se diz que 'feliz é aquele que dá aos pobres,' mas 'feliz é aquele que considera os pobres.' (Tehilim 41:2)1"

28 de agosto de 2018

HENRIQUE MARTINS (HEINZ SCHLESINGER) É SEPULTADO EM CEMITÉRIO ISRAELITA EM SÃO PAULO


Henrique Martins foi sepultado na segunda-feira (27), no Cemitério Israelita do Butantã (detalhe), na Zona Oeste de São Paulo

O ator e diretor Henrique Martins (Heinz Schlesinger) morreu neste domingo (26), aos 84 anos. Ele atuou em 'O sheik de Agadir' e 'Meu pé de laranja lima', além de dirigir 'Éramos seis' e 'Revelação'. O corpo do ator e diretor Henrique Martins foi sepultado nesta segunda-feira (27), no Cemitério Israelita do Butantã, na Zona Oeste de São Paulo. O artista, que atuou em novelas como "O sheik de Agadir" (1966), "O meu pé de laranja lima" (1970) e "Carrossel" (2012), morreu no domingo (26), aos 84 anos.

26 de agosto de 2018

MORRE EM SÃO PAULO O ATOR E DIRETOR HENRIQUE MARTINS (HEINZ SCHLESINGER)



Heinz Schlesinger (Henrique Martins) nasceu em 1933, em Berlim, Alemanha, e veio para o Brasil com a família quando tinha 3 anos de idade

Henrique trabalhou em dezenas de produções na televisão, tendo passagens também por emissoras como Tupi, Excelsior, Globo, Record e SBT. Heinz Schlesinger nasceu em 1933, em Berlim, Alemanha, e veio para o Brasil com sua família quando tinha 3 anos. No país, sob o nome artístico de Henrique Martins, ele fez sua estreia na televisão como o protagonista da novela "Se o mar contasse" (1964, TV Tupi).

ORIGEM DA PALAVRA "AMÉM" (אָמֵן)


A palavra em hebraico אָמֵן (āmēn) pode ser traduzida literalmente como “espere por isso”

Utilizada por religiosos de todo o mundo, palavra é usada da mesma maneira que os hebreus faziam no passado. A palavra amém é um dos raros exemplos de palavras que mantiveram seu significado original quase imutável por milênios, mesmo após ser adotada por línguas das mais diversas famílias linguísticas. No entanto, você conhece a sua origem?

SHIVÁ (שבעה): COBRIR ESPELHOS NUMA CASA ENLUTADA


Shivá ou Shiv'ah (do hebraico שבעה "sete" ) é o nome dado dentro do judaísmo para se referir ao período de sete dias de luto mantidos pela morte de uma pessoa próxima

. Pergunta:

Você pode lançar alguma luz sobre o costume de cobrir espelhos em uma casa enlutada? Disseram-me que, após o funeral de um parente imediato, cobrimos todos os espelhos de sua casa durante os 7 dias de luto (Shivá). A razão que escutei é que não devemos nos ocupar com coisas materiais e fúteis como nossa aparência durante o período de luto. Há outra explicação mais profunda?

25 de agosto de 2018

POR QUE ESCREVEMOS EM HEBRAICO DA DIREITA PARA A ESQUERDA?


Nos ensinamentos cabalísticos, a direita representa o atributo de chessed (bondade) e a esquerda, guevurá (severidade)

Uma teoria popular é que o hebraico é escrito da direita para a esquerda porque, nos tempos antigos, ao gravar palavras numa pedra, o gravador segurava o martelo na sua mão mais forte (geralmente, a direita) e o cinzel na mão esquerda, tornando mais fácil escrever da direita para a esquerda.
À medida que as ferramentas da escrita se desenvolveram até incluir tinta sobre pergaminho ou um estilo no gesso, os escribas começaram a escrever a partir da esquerda para não borrar as letras. No entanto, quando isso aconteceu, o hebraico e outros idiomas semíticos já estavam “gravados na pedra”, por assim dizer, portanto continuaram a ser escritos da direita para a esquerda.

POR QUE O JUDAÍSMO ATUALMENTE NÃO É PROSELITISTA (MISSIONÁRIO)?


A Torá apresenta 7 mitsvot (obrigações/deveres) para os não-judeus observarem

. Pergunta:

Por favor, perdoe minha ignorância, mas pode dizer-me por que o povo judeu não encoraja ativamente o restante da sociedade a converter-se (Guiur = imigrar) ao Judaísmo, dessa forma divulgando o conhecimento e a sabedoria de D'us e da Torá para o restante da humanidade? Não seriam os objetivos do Judaísmo – trazer paz, harmonia, amor, entendimento e perfeição espiritual ao mundo – ser melhor e mais rapidamente atingidos se a sabedoria da Torá fosse compartilhada com uma parte maior da sociedade, ao invés de ser "restrita" àqueles que nasceram ou se converteram oficialmente ao Judaísmo?

QUAL É O SIGNIFICADO DA PALAVRA "ALELUIA"? (הַלְּלוּיָהּ)


Aleluia é uma transliteração da palavra hebraica הַלְּלוּיָהּ (Halləluya em hebraico padrão), que significa "Louvem! Adorem! (הַלְּלוּ) Deus (יָהּ)"; ou "Ame (הַלְּלוּ) o Senhor (יָהּ)"

. O significado da palavra "Aleluia" (הַלְּלוּיָהּ):

Termo de origem hebraica, que é a soma de "hallal" (que significa louvor), mais "yah" (que significa YAHWEH, de forma abreviada), portanto ALELUIA significa "louvor ao Senhor". No hebraico a palavra é hifenizada, de tal modo que os dois elementos aparecem distintos, porém nos demais idiomas, tornou-se um termo composto.

23 de agosto de 2018

OS FAMOSOS NO BRASIL E A CABALÁ (קַבָּלָה)


Ronaldo, Bia Antony, Wanessa Camargo e
Jesus Luz: fisgados pelos ensinamentos da Cabalá

Foi-se o tempo em que a cabala (pronuncia-se cabalá) era conhecida pelos brasileiros apenas como a filosofia de vida de superestrelas como Madonna, Demi Moore e Naomi Campbell. Nos últimos anos a prática tem ganhado cada vez mais adeptos brasileiros. A procura por cursos, por exemplo, dobrou entre 2010 e 2011 em todos os cinco grandes centros de estudo de cabala ouvidos por ISTOÉ. Multiplicam-se as correntes do ensino milenar judaico e, com elas, ampliam-se as opções para quem quer segui-la. 

22 de agosto de 2018

CABALÁ (קַבָּלָה): MENTIR PARA SI MESMO


Em que área de sua vida você está se enganando?

Há muitos anos atrás um homem chamado David era funcionário de um milionário que morava numa enorme mansão. David não era lá muito inteligente e tinha uma queda forte pela bebida. Um dia o patrão viajou e os outros funcionários se uniram para pregar uma peça em David. Primeiro fizeram com que bebesse uma garrafa inteira de vodka. Quando caiu no sono, colocaram David para dormir na cama do patrão.

CABALÁ (קַבָּלָה): O "AMOR" DE 2 IRMÃOS


O que realmente aconteceu entre Cain e Abel?

Dois irmãos eram proprietários de terrenos lado a lado. Um dia um tesouro valioso foi encontrado bem na fronteira entre seus terrenos. Os irmãos começaram a discutir a localização exata do tesouro encontrado, e cada um tentava provar que o tesouro estava no território pertencente ao outro. Os dois estavam convencidos de que a fortuna tinha que pertencer ao outro. Não discutiam exigindo a posse do tesouro. Pelo contrário, cada um argumentava que o tesouro pertencia ao irmão. Quando o Criador viu que cada um deles queria dar a fortuna ao irmão, disse: "é neste lugar que o Templo deve ser construído".

CABALÁ (קַבָּלָה): BATE-PAPO SOBRE A EXISTÊNCIA


Nós somos almas, somos faíscas divinas que descemos ao mundo físico para fazer uma correção

O Zohar ensina que antes de a alma nascer ela aprende toda a verdade sobre a existência. Fica sabendo as recompensas que vem como resultado das boas ações e dos castigos que sofrem os que cometem más ações. Antes de descer ao mundo, a alma vê os espíritos bondosos em sua glória no paraíso, e vê também os perversos gritando de dor em seu sofrimento. A alma que vai nascer tem total clareza de que realmente existe justiça no mundo e que há de fato uma lei de causa e efeito em ação. 

17 de agosto de 2018

ABAYUDAYA: OS JUDEUS DE UGANDA RECEBENDO A TORÁ


Em 1995, uma comunidade do Maine (EUA) lhes fez a doação de uma Torá aos Abayudaya ("Judeus" no idioma local)

Em meio às montanhas verdes da região oriental de Uganda, próximo à cidade de Mbale, uma pequena comunidade de aproximadamente 600 pessoas vive dentro dos preceitos judaicos, fazendo a circuncisão em seus filhos no 8º dia após o nascimento, seguindo as leis da cashrut, reverenciando e respeitando o Shabat, comendo matzá em Pessach, jejuando e tocando o shofar em Yom Kipur.

15 de agosto de 2018

CRISE ECONÔMICA E VIOLÊNCIA MOTIVAM JUDEUS BRASILEIROS A IMIGRAR PARA ISRAEL


Cerca de 496 imigrantes brasileiros chegaram a Israel em 2015 e 280 em 2014

Mais de 700 imigrantes do Brasil chegaram ao Estado de Israel em 2016, segundo a  Agência judaica, e, em 2017, foram previstos mais de 1 mil, portanto, um novo recorde de imigração. O total para 2016 foi mais de 3 vezes a média anual de cerca de 200 novos imigrantes brasileiros, marcando um recorde de 45 anos na Alyah (עֲלִיָּה) (subida, imigração) brasileira.

12 de agosto de 2018

OS 12 MESES JUDAICOS: O CALENDÁRIO (לוּחַ שָׁנָה) É LUNAR E NÃO SOLAR COMO O GREGORIANO


O calendário (לוּחַ שָׁנָה) judaico é baseado nos ciclos lunares

. Observação: 

O calendário gregoriano é um calendário de origem europeia, utilizado oficialmente pela maioria dos países. Foi promulgado pelo Papa Gregório XIII (1502–1585) a 24 de Fevereiro do ano 1582 pela bula Inter Gravissimas em substituição do calendário juliano implantado pelo líder romano Júlio César (100–44 a.C.) em 46 a.C.
Como convenção e por praticidade, o calendário gregoriano é adotado para demarcar o ano civil no mundo inteiro, facilitando o relacionamento entre as nações. Essa unificação decorre do fato de a Europa ter, historicamente, exportado seus padrões para o resto do globo.

6 de agosto de 2018

JUDAÍSMO: POR QUE MINHA VIDA É TÃO DIFÍCIL?


Se é tudo tão difícil, talvez isso signifique que não seja para mim?

. Pergunta:

Tudo sempre foi fácil para mim, mas recentemente algo mudou. Eu estive explorando o Judaísmo e, enquanto sinto uma forte atração, sinto também um certo peso. Eu pensei que orar e estudar a Torá me traria paz. Mas, em muitos aspectos, tornou minha vida mais complicada e difícil. Então, minha pergunta é: se é tudo tão difícil, talvez isso signifique que não é para mim?

3 de agosto de 2018

POR QUE QUEBRAR UM COPO NUM CASAMENTO JUDAICO?


A destruição do Templo Sagrado em Jerusalém tem extrema relevância entre os judeus

. Pergunta:

Compreendo que o motivo para eu quebrar um copo ao final da cerimônia de casamento é para comemorar a destruição do Templo em Jerusalém há cerca de 2 mil anos. Este de fato foi um evento relevante na história judaica, mas não parece ter qualquer relevância para mim. O que um edifício destruído tem a ver com meu casamento?

JUDAÍSMO: POR QUE A NOIVA É COBERTA POR UM VÉU?


Há um equívoco comum de que o noivo cobre a face da noiva antes do casamento porque ele tem, posteriormente, de verificar se está desposando a noiva "certa"

. Pergunta:

Vou me casar daqui a algumas semanas, e gostaria de saber a respeito do costume da noiva usar véu. Quero fazer as coisas certas, mas não estou particularmente empolgada com esse costume. Parece um pouco fora de moda!

31 de julho de 2018

UNIÃO ISRAELITA SHEL GUEMILUT HASSADIM (UISGH) - EM ATIVIDADE DESDE 1840 NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO


A UISGH foi instalada, inicialmente, num sobrado da Praça da República, esquina da Rua Senhor dos Passos (20 anos: 1840-1860), no Centro do Rio de Janeiro

. Histórico:

histórico da União Israelita Shel Guemilut Hassadim (UISGH) confunde-se, na realidade, com a história do judaísmo no Rio de Janeiro. Na época do Império, por influência da Inquisição portuguesa, não era permitida a existência de cultos não católicos no Brasil. Não obstante, já se realizavam cerimônias religiosas judaicas nessa época, haja vista a notícia publicada no Diário do Rio de Janeiro, de I" de outubro de 1865: "Culto israelita os israelitas residentes na Corte celebraram ontem, num salão particular, a primeira cerimônia de seu culto, o Kipur ou Dia do Grande Perdão. "Na realidade a liberdade completa de culto só surgiu na primeira Constituição da República. Segundo os cálculos dos historiadores Egon e Frieda Wolff e de Fortunato Azulay, a Sinagoga da União Israelita Shel Guemilut Hassadim teria sido fundada em 1840 e, sem dúvida, seria a mais antiga Sinagoga do Rio de Janeiro.